Mudança Climática e Impacto nos Negócios

Uma análise setorial de riscos e oportunidades relacionadas aos aspectos físicos da mudança climática.

O Relatório sobre Riscos Globais 2016 do Fórum Econômico Mundial identificou que aspectos climáticos físicos estão entre os principais riscos globais: eventos climáticos extremos (crise hídrica), falhas na mitigação e adaptação à mudança climática e grandes catástrofes naturais.

Ao longo dos últimos anos, a Região Sudeste do Brasil sofre com a falta d’água. O nível do Sistema Cantareira, principal reservatório de abastecimento, chegou ao seu nível mínimo em 2015. Da mesma forma, a quantidade de catástrofes naturais aumentam constantemente desde a década de 1970, conforme monitoramento do Relatório Sigma da  SwissRe. Questões dessa natureza geram riscos e oportunidades para as empresas.

A Gestão Origami realizou uma análise que identifica como os impactos físicos afetam diversos setores industriais e de serviços. Baseada nas respostas de empresas ao redor do mundo ao questionário do CDP Supply Chain 2015, verificamos que eventos causados por condições meteorológicas extremas ou mudanças sutis nos padrões climáticos, afetam principalmente os setores de Tecnologia, Alimentos e Bebidas e Químico.

Os  riscos, quando materializados, tendem a aumentar custos operacionais e reduzir a capacidade de produção das empresas, enquanto a principal a oportunidade identificada relaciona-se ao aumento da demanda por produtos/ serviços existentes.

Clique no link a seguir para acessar a apresentação dos resultados por setores: Origami – Mudança Climática 2016 v2.

Recommended Posts