Tendências em Reporting Corporativo

Duas excelentes análises sobre tendências em Reporting e monitoramento de variáveis de ESG.

Sempre gostei de analisar opiniões divergentes sobre qualquer assunto. Isso me permite organizar meus pensamentos e subsidiar a construção argumentos sólidos para tomada de decisão.

Até ontem havia lido diversos artigos e opiniões elogiando muito o novo padrão do GRI, o G4. Ontem me deparei com duas análises realizadas pela Ethical Corporation [1], sobre o assunto. Elas podem ser lidas em inglês no link a seguir: http://events.ethicalcorp.com/reporting/pdf/GRIG4Briefing.pdf.

Essas análises, diferentemente das demais, têm um caráter bastante crítico, que aprofundam as dúvidas sobre a efetividade dos Relatórios de Sustentabilidade da forma como são feitos hoje, e corroboram àquilo que muitas empresas ao redor do mundo se perguntam: para que(m) serve os Relatórios de Sustentabilidade? Qual sua utilidade?

Por outro lado, um sistema de Reporting, que consiga, por meio de vária mídias, individualizar para cada parte interessada as informações de sustentabilidade críticas para o negócio, é uma ferramenta importante para a gestão das empresas.

A Gestão Origami tem acompanhado a evolução das discussões sobre o assunto, incluindo além do próprio G4, a iniciativa do IIRC sobre Relato Integrado, bem como questões de ESG no âmbito do PRI. Realizamos um estudo detalhado sobre Tendências em Reporting corporativo, que incorporou,  entre outros itens, aspectos regulatórios sobre o assunto.

Caso você tenha interesse em conhecer as conclusões do estudo, entre em contato no telefone 11 3030-6746.

Até mais!

Recommended Posts